CULTURA COM ESSÊNCIA

CULTURA COM ESSÊNCIA

Alguém sentiu falta da bonequinha mais assustadora? A terceira franquia do longa já está nos cinemas e não vem sozinha.

A tão esperada boneca finalmente chegou aos cinemas e com ela uma porção de "coisas ruins". Com toda aquela atmosfera da década de 70 com direito á muita névoa, arrepios e pressentimentos, o casal Warren  conseguem conter o mal com ajuda de um padre, água benta e muita oração. Mas para garantir a segurança total, Annabelle é mantida presa  dentro de um armário de vidro com chave. O mal está contido e trancafiado num cômodo  onde cada objeto deixado por lá,  tem uma história sinistra e amaldiçoada. O Cultura com Essência recomenda para os fãs do gênero "Annabelle 3: de Volta para Casa.

(Lorraine  Warren (Vera Farmiga) tranca a bonequinha com água benta e muita oração)

Terceiro capítulo da história


Annabelle 3: De Volta para Casa é o terceiro capítulo da bem-sucedida franquia “Annabelle”, da New Line Cinema, estrelada pela infame boneca sinistra do universo de “Invocação do Mal”. Gary Dauberman, roteirista dos filmes “Annabelle”, “A Freira” e “IT - A Coisa”, faz sua estreia na direção do filme, com produção de Peter Safran (“Aquaman”), que produziu todos os filmes da franquia “Invocação do Mal”, e do criador do universo “Invocação do Mal”, James Wan (“Aquaman”).
(Judy (McKenna Grace) sabe muito bem que não pode  atravessar aquela porta) 

Sinopse
 


Determinados a impedir que Annabelle crie ainda mais caos, os demonólogos Ed e Lorraine Warren trazem a boneca possuída à sala de artefatos que fica trancada em sua casa, isolada em um local “seguro”, protegida por um vidro sagrado e com a benção de um padre. Porém, o que os espera é uma noite de horror, à medida que Annabelle desperta os espíritos malignos na sala, que voltam suas atenções a um novo alvo – a filha de 10 anos dos Warrens, Judy, e suas amigas Mary Ellen a babá e Daniela a curiosa. Os Warrens estarão longe e não imaginam que o mal está possuindo tudo.


(Vera Farmiga e Patrick Wilson como o casal " fora da casinha" Lorraine e Ed Warren)

Sobre o Elenco


O filme é estrelado por McKenna Grace (da série de TV “A Maldição da Residência Hill”, “Um Laço de Amor”, “Capitã Marvel”) como Judy; Madison Iseman (“Jumanji: Bem-Vindo à Selva”, “Goosebumps 2 - Halloween Assombrado”) como sua babá, Mary Ellen; e Katie Sarife (das séries de TV “Youth and Consequences” e “Supernatural”) como sua perturbada amiga, Daniela; com Patrick Wilson (“Aquaman”, das franquias “Invocação do Mal” e “Sobrenatural”) e Vera Farmiga (da franquia “Invocação do Mal”, do inédito “Godzilla II: Rei dos Monstros”, da série de TV “Bates Motel”) reprisando seus papéis como Ed e Lorraine Warren.
Dauberman dirige a partir de um roteiro que escreveu, a partir de uma história criada por Dauberman & Wan. Richard Brener, Dave Neustadter, Victoria Palmeri, Michael Clear, Michelle Morrissey e Judson Scott são produtores executivos.
A equipe de Dauberman nos bastidores inclui o diretor de fotografia Michael Burgess (do inédito “A Maldição da Chorona”), a desenhista de produção Jennifer Spence (“Annabelle 2 - A Criação do Mal”, “A Freira”), o editor Kirk Morri (“Aquaman”) e a figurinista Leah Butler (“Annabelle 2 - A Criação do Mal”). A música é de Joseph Bishara (filmes “Invocação do Mal”).


( Mary Ellen (Madison Iseman), Daniela (Katie Sarife)  e  Judy (McKenna Grace)  vão viver vários pesadelos)


A Essência do Filme

Como uma criança de 10 anos consegue viver dentro de sua própria casa com tantos objetos supostamente possuídos por algo maligno? Com certeza muita terapia. Mas uma coisa que mais me chamou a atenção  no filme, é a capacidade de controlar o medo impulsionada pela sua fé e um crucifixo. Provavelmente Judy aprendeu  muito bem a lição com  Ed e Lorraine. Dito por ela mesma que já estava acostumada com essa vida. A menina parece ser bem resolvido nesse quesito enquanto a perturbada e curiosa da Daniela não tem a menor noção com quem ela está mexendo. Para piorar a situação, a babá também sofre as consequências da "miga louca" e luta para proteger Judy. Particularmente, eu diria que essa foi a melhor das três franquias. Talvez pelo universo fechado dentro do museu de artefatos sinistros, que acabou por despertar mais a curiosidade pela história de cada objeto. A trilha sonora ajuda com a vitrola bem representada dos anos 70. 


(O casal Warren nem sonha que o pior pesadelo está  bem vivo na casa deles.)


Assista o Trailer



A New Line Cinema apresenta, uma produção Atomic Monster/Peter Safran, Annabelle 3: De Volta para Casa. O filme está nos cinemas e tem  Distribuição da  Warner Bros. Pictures.


Agradecimentos: 

Acesse  http://www.tomdutra.com/ por não gostar muito de filmes de terror que supostamente lhe causam pesadelos e pela gentileza de poder colaborar com seu blog.

Warner Bros Pictures Brasil.  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.