CULTURA COM ESSÊNCIA

CULTURA COM ESSÊNCIA

“A História de Um Sonho – Todas as casas do Timão". Tem depoimentos emocionantes, curiosos e muita história boa!.


Aquele documentário que todo corinthiano ou até quem não é, deveria assistir! Não somente pelo fato de ser torcedor, mas pela importância e história que o Sport Club Corinthians Paulista conquistou ao longo dos anos. Apesar da longa jornada em todos os estádios e gratidão, finalmente em 2014 o clube recebeu a tão esperada casa, a "Arena Corinthians". 

“A História de Um Sonho – Todas as casas do Timão” chega aos cinemas dia 06 de junho e promete emocionar com depoimentos de torcedores ilustres. Obviamente  recheado de curiosidades e até alguns lances inesquecíveis como de Rivelino, Marcelinho Carioca, Ronaldo Fenômeno  e Romero.

(Arena Corinthians inaugurada em 2014)

Sinopse

A torcida Corinthiana, afamada por sua paixão sem limites que invade corações e territórios,tem por tradição fazer de qualquer lugar do planeta a sua morada. Do Oiapoque ao Chuí, no Brasil ou no Japão, “A Fiel” joga junto!
Com a participação de jogadores, ídolos, comissão técnica, e torcedores “A História de um Sonho – Todas as Casas do Timão” traça a saga do Sport Club Corinthians Paulista desde a sua origem no terrão da várzea, passando pelos estádios em que fez história, como Maracanã, Morumbi, o então Palestra Itália, Vila Belmiro, Yokohama, entre outros, até a inauguração de uma das arenas mais modernas do mundo. Enfim, o “Bando de Loucos” reencontra um solo para chamar de seu.

(Campeão Brasileiro 2018)
Com direção de Ricardo Aidar e Marcela Coelho, o filme é conduzido com histórias da construção da Arena Corinthians e também são relembrados os jogos e conquistas na Vila Belmiro, nas invasões da torcida ao Maracanã em 1976 e 2000, o título do mundial no Japão em 2012, as primeiras conquistas os inúmeros títulos levantados no estádio do Morumbi até as mais atuais vitórias em Itaquera, sem esquecer da importância que a Fazendinha, antigo estádio do time, tem para o clube e para os torcedores.

(Cássio, atual goleiro do Corinthians e da seleção brasileira)

Ídolos como Vampeta, Marcelinho Carioca, Basílio e Cássio  estão presentes no documentário relembrando jogos históricos nos mais diversos estádios em que o Corinthians se consagrou.

A diretora Marcela Coelho explica sobre a emoção de poder contar estas histórias. “ Falar sobre o Corinthians é enfatizar a força, a luta, a fé, a esperança, a persistência e a garra, presentes nos corações alvinegros. Esse filme é uma declaração de amor ao torcedor corinthiano, uma espécie de agradecimento pela fiel parceria.”

A Essência do Filme

O documentário realmente teve uma narrativa bem peculiar do torcedor sofredor corinthiano, trazendo  o sonho de ter um estádio monumental digno do Timão.  A ideia de mostrar a trajetória de todos os lugares que o time jogou, foi  nostálgica e lúdica,  porém com gostinho de que faltou mais algumas coisinhas. Mas vamos ser justos quando se  trata do Corinthians. Nesse ponto, entendemos que são inúmeras as lembranças  que seria necessário uma série. O importante é que imensurável a paixão do torcedor e onde o Corinthians vai, sem dúvidas deixa um legado. 

(Torcida corinthiana lota o estádio do Pacaembu em jogo de despedida. Créditos: Divulgação Canal Azul)

Nota da diretora Marcela Coelho

"Desde o primeiro contato até o dia da entrevista, torcedores, jornalistas, jogadores e ex-jogadores, se mostraram entusiasmados para compartilhar histórias. Cássio, por exemplo, agora maior campeão da história do Corinthians, ressaltou a rápida adaptação do time à Arena e como os jogadores fizeram para aproveitar a atmosfera provocada pela torcida”.

“O filme recapitula a trajetória do Corinthians desde sua origem operária, passando por seu primeiro estádio, o Campo do Lenheiro, que inclusive contou com a força de trabalho de seus jogadores para ser “erguido”. Ponte Grande e  Fazendinha, vieram na sequência. Quando listamos estas três principais casas, não falamos apenas de espaços físicos. Resgatamos memórias afetivas. Ao mencionarmos as façanhas protagonizadas pelo Corinthians nos estádios dos principais adversários, e mundo afora, falamos também sobre superação”.


Nos Cinemas
“A História de Um Sonho – Todas as Casas do Timão” tem produção da LEP Filmes, coprodução da Canal Azul e estreia dia 06 de junho pelo Projeta às 7, parceria da distribuidora Elo Company e da Cinemark, que abre uma nova janela para o cinema nacional e oferece sessões de segunda à sexta-feira, às 19h, em 20 salas de Cinemark de 19 cidades e preços especiais de R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia).

“A História de Um Sonho – Todas as casas do Timão” entrará na programação de 30 salas da Cinemark: São Paulo (Shoppings Aricanduva, Eldorado, Market Place, Metrô Tatuapé, Santa Cruz, SP Market, Shopping D e Tietê Plaza), Rio de Janeiro (Downtown), Aracaju (Shopping Jardins), Belo Horizonte (Pátio Savassi), Brasília (Píer 21), Campinas (Iguatemi), Campo Grande (Shopping Campo Grande), Cuiabá (Shopping Goiabeiras), Curitiba (Shopping Muller), Goiânia (Shopping Flamboyant), Guarulhos (Internacional Shopping), Londrina (Boulevard Londrina), Manaus (Studio 5), Natal (Midway Mall), Porto Alegre (Barra Sul), Recife (Riomar), Ribeirão Preto (Novo Shopping), Salvador (Salvador Shopping), Santo André (Grand Plaza), Santos (Praiamar), São Caetano (Park Shopping), São José dos Campos (Colinas) e Vitória (Shopping Vitória).

Clientes Cinemark Mania e sócio torcedor do Corinthians pagam meia-entrada.


Ficha Técnica

Produção: LEP Filmes
Coprodução: Canal Azul
Direção: Ricardo Aidar e Marcela Coelho
Produção: Liz Reis e Ricardo Aidar
Direção de Fotografia: Flávio Murilo Freitas e Humberto Bassanelli
Produção Executiva: Jefferson Pedace e Liz Reis
Som Direto: Pixuto e Ricardo Fabiano Nascimento
Direção de Produção: Marcela Coelho
Montagem: Fernando Teshainer e Caio Rodriguez
Direção de Arte: Tiago Fernandes
Trilha Original e Mixagem: Duda Mark
Finalização: Dharma Cinematografia
Distribuição: Elo Company
Realização: Ancine; Governo do Estado de São Paulo
Patrocinadores: Aços Groth, Besni, Grupo BFA, Nacional Tubos e Quartzolit.
Brasil, 2018  documentário, 85 min, cor.

(Nossa equipe na pré-estreia prestigiando o documentário)

Assista o Trailer





Agradecimentos: Canal Azul, Elo Company e Lep Filmes.




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.