CULTURA COM ESSÊNCIA

CULTURA COM ESSÊNCIA

Chacrinha O Velho Guerreiro

Quem não lembra ou pelo já ouviu  falar sobre o Chacrinha? Um fenômeno de audiência  da televisão brasileira na década de 70 e 80. O Cultura com Essência teve a honra de participar da cabine e coletiva de imprensa do filme "Chacrinha O Velho Guerreiro". Confira  e conheça como tudo começou. O  longa  estreia dia 8 nos cinemas! 

(As Chacretes e o Velho Guerreiro) Fotos: Suzana Tierre.
Para lembrar um pouquinho, segue a música tema de abertura do programa.

Abelardo Barbosa
Está com tudo e não está prosa
Menino levado da breca
Chacrinha faz chacrinha
Na buzina e discoteca

Ó Terezinha, ó Terezinha
é um barato o cassino do Chacrinha
Ó Terezinha, ó Terezinha
é um barato o cassino do Chacrinha

(Participação de Crioulo interpretando um calouro muito bom com música de Odair José) Fotos: Suzana Tierre.


Sipnose


“Chacrinha: O Velho Guerreiro” é um longa metragem biográfico que conta a história de José Abelardo Barbosa. O filme narra a trajetória de Abelardo desde o momento em que larga a faculdade de medicina para se aventurar em seu primeiro “bico” como locutor de rádio. Daí em diante, vemos sua vida se transformar e o nascimento do alter ego mais conhecido do Brasil, o nosso velho guerreiro, Chacrinha.
(Gianne Albertoni como a queridinha e exuberante Elke Maravilha) Fotos: Suzana Tierre.

Essência do Filme

Pois é falar de momentos que fizeram parte da turma dos anos 70 e 80  é sempre com um sentimento de  nostalgia. O filme mostra como a teimosia de Abelardo Barbosa vivido impecavelmente  pelo Eduardo Sterblitch levou ao estrelato. Chacrinha não era politicamente correto e nem o tão pouco  o mocinho e galã. Era  ousado, resmungão, boca dura e adorava cutucar os  concorrentes de outros programas. Era um homem generoso e bom  com quem merecia. Por ter um temperamento difícil e muitas vezes radical, ele chegou  entrei idas e vindas. Foi longe e conseguiu ser o maior fenômeno de audiência desse país. Casou-se com Florinda e construiu uma família e seus filhos trabalharam com ele. Mesmo com a fatalidade ocorrida com um dos seus filhos, o velho guerreiro não desistiu. Mesmo irreverente, Chacrinha deixou escola e muitas boas lembranças.  O longa de fato traz um bom pedaço da história do  Abelardo Barbosa antes de ser Chacrinha. Sem contar que Stepan Nercessian é o próprio Chacrinha. O filme é imperdível. 


(Eduardo Sterblitch é Abelardo Barbosa onde tudo começou) Fotos: Suzana Tierre

Assista o Trailer




Cabine e Coletiva

(Cabine e coletiva com os atores Gianne Albertoni, Laila Garin, Stepan Nercessian, Eduardo Sterblitch, o diretor Andrucha Waddington e os produtores Cosimo Valerio e Angelo Salvetti.)



Elenco:

Stepan Nercessian: Chacrinha
Eduardo Sterblitch: Abelardo Barbosa ( jovem)
Gianne Albertoni: Elke Maravilha
Carla Ribas: Florinda (50 anos)
Rodrigo Pandolfo: Jorge
Pablo Sanábio: Leleco/Nanato
Thelmo Fernandes: Boni
Laila Garin: Clara Nunes
Antônio Grassi: Oswaldo (60 anos)
Karen Junqueira: Rita Cadilac
Amanda Grimaldi: Florinda (20 anos)
Gustavo Machado: Oswaldo (30 anos)




Ficha Técnica:

Dirigido por: Andrucha Waddington
Roteiro: Claudio Paiva
Colaboração de roteiro: Julia Spadaccini e Carla Faour
Produzido por: Altino Pavan, Angelo Salvetti, Cosimo Valerio e  Andrucha Waddington
Produtores Associados: José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni) e Frederico Lapenda
Produtor Delegado: Lupa Mendes
Produtor Executivo:  Fernando Zagallo
Produtores Executivos:  Renata Brandão e Pedro Buarque
Direção de Produção:  Rose Soares
Direção de Fotografia: Fernando Young
Direção de Arte: Rafael Targat
Figurino: Marcelo Pies
Supervisão de Maquiagem: Marlene Moura
Produção de Elenco: Marcela Altberg
Montagem: Thiago Lima
Supervisão de Montagem: Sergio Mekler
Música original: Antonio pinto
Som Direto: Jorge Saldanha
Desenho de Som e Mixagem: Armando Torres Jr., Alessandro Laroca, Eduardo Virmond Lima, Renan Deodato
Supervisão de Imagem: Sergio Pasqualino Jr.
Gerente de Pós Produção: Adriana Basbaum
Supervisão de Efeitos Visuais: Claudio Peralta
Supervisão de Pós Produção: Leo Moraes
Produção: Media Bridge
Coprodução: Globo Filmes
Em associação com: Conspiração
Distribuição: Paris Filmes
Investimento: BBDTVM
Apoio: Telecine, Prefeitura de Petrópolis, Lyons Club de Petrópolis, Fecomercio de Petrópolis
Agradecimentos: Primeiro Plano Com Assessoria.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.